Risoto de abóbora com bacon
Risoto é um clássico dos amigos que moram sozinhos e não sabem cozinhar muitos pratos, mas que sabem uma variedade de risotos. Esse é aquele tipo de prato que você pode variar muito com legumes, verduras, todas as carnes ou até mesmo como sobremesa adicionando frutas, chocolate e leite condensado. Eu sou de uma linha mais tradicionalista e durante o inverno eu costumo fazer muitas versões dessa iguaria italiana.

Eu amo o conceito de “ confort food” que, em uma tradução livre, podemos chamar de “comida da alegria”. São aqueles pratos que o aroma pelo ar, pelo sabor nos lembra bons momentos em família, nos deixa melhores mesmo após um dia que não tenha sido tão perfeito. Esse é um prato bem legal para um romântico jantar a luz de velas, que tal?

Risoto de abóbora com bacon

Receita para duas pessoas

150 grs de bacon em cubos

1 cebola pequena em cubos

Azeite

1 e ½ xícaras de arroz próprio para culinária italiana (arbóreo ou carnaroli)

1 xícara de vinho branco

1 litro de caldo de legumes (cozinhe uma cebola, 1 cenoura e ervas por cerca de 30min)

1 xícara de abóbora em cubos

3 colheres de sopa de manteiga

70 grs de queijo parmesão ralado

Sal, pimenta a gosto

Preparo

Em uma panela, aqueça um fio de azeite e frite o bacon até dourar. Retire o bacon e reserve. Na gordura do bacon, toste a cebola. Adicione o arroz e refogue bem. Coloque o vinho branco e mexa vigorosamente até o vinho evaporar. Vá adicionando o caldo de legumes aos poucos, concha a concha, mexendo sempre até que o liquido seque. Quando o arroz começa a cozinhar, ele libera amido e o líquido vai virando um creme que envolve todo o arroz. No meio do cozimento, adicione a abóbora. Quando o ponto do arroz estiver quase pronto, ou seja, quase totalmente cozido, mas ainda com o centro do grão esbranquiçado, coloque a manteiga, o parmesão, o bacon e acerte o sal. O ponto correto de servir é quando ainda temos um mínimo ponto branco no centro do grão e quando você mexe o arroz mostrando o fundo da panela, ele volta a cobrir o fundo  lentamente “a la onda”, como uma onda.  Sirva em seguida para não perder o ponto.

Bom appétit!

Tags: | |

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 2 =


error

Acompanhe nossas redes sociais e mantenha-se informado

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.